Título: In Sexus Veritas

Género: Romance

Páginas: 1180

Sinopse: Um trolha homossexual.
Um jogador de futebol filósofo.
Um humorista deprimido.
Uma prostituta de pensamentos.
Um assassino refinado.
Uma prostituta de corpo.
Um homem que consegue pensar e sentir o que os outros pensam e sentem.

É da improvável ligação deste elenco de inusitadas personagens que nasce a desconcertante acção de “In Sexus Veritas”, um romance alucinante, irónico, construído como um monumental puzzle, um verdadeiro catálogo de amor e de ódio, de desejo e de vingança, de ambição e de submissão:
qual é, afinal, o poder do sexo no mundo actual?

Excerto

Queria que estivesses aqui,
no meio disto tudo o que eu queria era que estivesses aqui,
o teu olhar, as tuas mãos a apertarem-me o medo, a dissolverem-me a ansiedade.

Mãos que apertam o medo, que dissolvem a ansiedade: aqui está uma boa definição de amor.

Quero obter mais informações: