Título: Ou é Tudo Ou Não Vale Nada

Género: Romance

Sinopse: Um romance perturbador. Um homem perdidamente apaixonado procura uma mulher que só ele vê e que só ele acredita existir.
Conseguirá encontrá-la?

Excerto

É ela. É sempre ela. Para onde quer que olhe, para onde quer que vá. Seja quem for que fotografe. É ela. É sempre ela. O rosto dela, os traços dela, o jeito dela. E ouço-a falar. E sei exactamente como ela fala, e conheço exactamente o tom de voz dela, cada pausa, cada esgar, cada momento em que pára para pensar e cada momento em que pára para sorrir. E sou eu que paro. Sou eu que, ao vê-la em cada espaço por preencher dentro dos meus olhos (e o que são os olhos senão espaços por preencher; espaços sempre por preencher?), não paro. Continuo a encontrá-la. E não sei o que hei-de fazer para lhe fugir (como se foge do que está por dentro dos olhos? como se escapa do que não pode ser eliminado, do que não é mais do que um pensamento dentro da cabeça? como se escapa do que não existe? como se acaba com o que nunca começou?), não sei o que hei-de fazer para me fugir.

Quero obter mais informações: